Dinâmicas dos homicídios em Porto Alegre:

discursos e interpretações sobre a violência letal

  • Melissa de Mattos Pimenta Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Rochele Fellini Fachinetto Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Paola Stucker Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Rafaela Demétrio Hilgert Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Giovana Lima Michelon
  • Letícia Maria Schabbach
Palavras-chave: homicídios dolosos, violência letal, Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Resumo

O trabalho tem por objetivo apresentar uma análise sociológica da violência letal na capital do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, com base em um amplo conjunto de dados secundários e de entrevistas realizadas com profissionais do sistema judiciário e de segurança pública. O trabalho apresenta dados parciais de pesquisa realizada nos três estados da Região Sul, em seis municípios, com financiamento da Secretaria Nacional de Segurança Pública, de natureza qualitativa, envolvendo a realização de 90 entrevistas semi-estruturadas com profissionais da segurança pública, gestores e operadores do sistema de justiça, além de lideranças comunitárias, jornalistas especializados na cobertura de ocorrências policiais, juízes, promotores, delegados da polícia civil e oficiais das polícias militares. Com base nas percepções dos atores sociais entrevistados, procuramos compreender as dinâmicas dos homicídios relacionados aos conflitos entre as principais facções criminosas que disputam o controle do tráfico de drogas em Porto Alegre e as diferentes formas como esses conflitos são compreendidos pelos agentes que operam nos sistemas de justiça e de segurança pública. Uma das hipóteses é que o entendimento do que são as motivações para a maioria dos homicídios dolosos se confunde com os fatores causais, obscurecendo a compreensão da complexidade dos fatores sociais envolvidos na escalada da violência no sul do Brasil.

Biografia do Autor

Melissa de Mattos Pimenta, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
É doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo e atualmente é professora adjunta no Departamento de Sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É membro pesquisador do Grupo de Pesquisa Violência e Cidadania e membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFRGS.
Rochele Fellini Fachinetto, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
É doutora em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atualmente é professora adjunta no Departamento de Sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, membro do Grupo de Pesquisa Violência e Cidadania e membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFRGS.
Paola Stucker, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Paola Stuker é doutora em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e membro do Grupo de Pesquisa Violência e Cidadania.
Rafaela Demétrio Hilgert, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Rafaela Demétrio Hilgert é graduanda em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e membro do Grupo de Pesquisa Violência e Cidadania como bolsista PROBIC FAPERGS-UFRGS. 
Giovana Lima Michelon
Giovana Lima Michelon é graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Publicado
2020-09-30
Seção
Dossiê Segurança e Justiça Criminal