Redes sociais e segurança pública: características e reflexões à luz do processo preparatório para a 1ª Conseg

  • Thais Regina Pavez
  • Renata da Rocha Gonçalves
  • Demétrio Gaspari Cirne de Toledo
  • Sara Azevedo Cardoso
Palavras-chave: Segurança Pública, Redes Sociais, Conferências

Resumo

Este texto apresenta os resultados do estudo realizado para o Ministério da Justiça, com o objetivo avaliar o processo demobilização para realização da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública – Conseg. Tal processo de mobilização foiestratégico para o enfrentamento de um dos principais desafios para esse setor: ampliar a participação social na discussãosobre a política e desencadear o reconhecimento das novas propostas da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp)do Ministério da Justiça para a segurança pública, no âmbito do “novo paradigma” apresentado no texto-base da conferência.A partir da análise de dados referentes à rede de usuários envolvidos com a segurança pública, identificou-se o padrão deconectividade entre atores dessa área. Observaram-se as regularidades e mudanças no número de conexões entre entidadesparticipantes do debate público sobre o assunto da segurança e a localização relativa das entidades na rede. Com isso, foramidentificadas alterações na composição do conjunto daquelas entidades que apresentam uma intensa rede de vínculos oupodem atuar como mediadores entre distintas áreas da rede.

Biografia do Autor

Thais Regina Pavez
Thais Regina Pavez é administradora Pública pela Universidade do Chile. Mestre e doutoranda em Ciência Política pelaUniversidade de São Paulo e pesquisadora do Centro de Estudos da Metrópole (CEM/CEBRAP)
Renata da Rocha Gonçalves
Renata da Rocha Gonçalves é arquiteta e Urbanista, mestre em Administração Pública e Governo da FGV-SP
Demétrio Gaspari Cirne de Toledo
Demétrio Gaspari Cirne de Toledo é cientista Social, doutorando em Sociologia pela Universidade de São Paulo
Sara Azevedo Cardoso
Sara Azevedo Cardoso é jornalista e tem especialização em Pesquisa de Mercado em Comunicações pela Escola de Comunicaçõese Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).
Publicado
2011-09-01