A violência na escola e os dilemas do controle social

uma proposta dialógica

  • José Vicente Tavares dos Santos Universidade Federal de Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Elisabeth Mazeron Machado Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Palavras-chave: Violência na escola, Cultura da violência, Bullying, Juventude, Diálogo

Resumo

A violência na escola constitui-se como uma das novas questões sociais mundiais. Discutiremos este fenômeno social com base em pesquisas realizadas no Brasil, em particular no Rio Grande do Sul; também, apresentaremos materiais da França, dos Estados Unidos, do Canadá, da África do Sul, do México, do Uruguai e de Hong Kong. Isto será exposto em três partes: Violência na Escola: a busca de uma explicação; A Sociedade Brasileira e a Violência na Escola; O Fenômeno Mundial da Violência na Escola, observado em pelo menos 50 países. Trabalhamos com a noção sociológica de "cidadania dilacerada": esta noção evoca a crescente violência física na sociedade, mediante vários processos de laceração do corpo – a violência doméstica, a violência sexual, a violência criminal e a violência política - o que compromete as próprias possibilidades de construção da cidadania. Para analisar o processo social de violência entre os jovens, e suas vidas incertas e labirínticas, há três dimensões: o uso da violência, ou seja, os jovens vivem em uma "cultura de violência"; a existência de um código social que reflete uma sociedade violenta; e terceiro, o individualismo dos jovens. A conclusão propõe uma abordagem dialógica sobre a violência na escola e as lutas e estratégias sociais pela mediação e pacificação do espaço escolar.

Biografia do Autor

José Vicente Tavares dos Santos, Universidade Federal de Rio Grande do Sul (UFRGS)
Diretor do Instituto Latino-Americano de Estudos Avançados (Ilea) da Universidade Federal de Rio Grande do Sul (2012-2020). Professor Titular de Sociologia. Professor do Programa de Pós-Graduação em Segurança Cidadã; Pesquisador do CNPq (1-A); Secretario Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC, 2015-2019); Presidente do Conselho Deliberativo da Fundação de Apoio à UFRGS (2016-2019); Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Sociologia; Ex-Presidente da Associación Latinoamericana de Sociología (2003-2005).
Elisabeth Mazeron Machado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Socióloga e Psicóloga. Mestre e Doutora em Sociologia pela Universidade Federal de Rio Grande do Sul. Professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Segurança Cidadã da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Publicado
2019-12-20
Seção
Dossiê: Violência em contexto escolar e escola em contexto violento