Identidade no trabalho e a influência de aspectos sociodemográficos: um estudo da diferença entre grupos de policiais militares do Distrito Federal

  • Thiago Gomes Nascimento
  • Cláudio Vaz Torres
  • Eda Castro Lucas de Sousa
  • Daniele Alcântara Nascimento
  • Breno Giovanni Adaid-Castro
Palavras-chave: Identidade profissional, Polícia Militar, Oficiais, Praças.

Resumo

Este estudo objetiva testar a diferença entre os fatores componentes da identidade profissional do policial militar e das variáveis sociodemográficas sobre grupos de policiais (oficiais e praças), por intermédio de uma análise de variância. Para tanto, contou-se com a participação de 600 policiais militares do Distrito Federal, com idade média de 38,1 anos (DP = 7,20), que responderam a Escala de Identidade Profissional Policial Militar (EIPPM) (NASCIMENTO; TORRES, 2010). Os resultados demonstram que a identidade profissional e os fatores que a constituem estão correlacionados com variáveis como sexo, posto ou graduação, nível educacional, estado civil, tipo de moradia, número de dependentes, idade, unidade em que trabalha, tempo na Polícia Militar, tempo no posto ou na graduação e tempo desde o último curso de especialização. Tais achados são discutidos em função das congruências entre as características descritoras dos construtos.

Biografia do Autor

Thiago Gomes Nascimento
Doutorando em Administração pela Universidade de Brasília (Brasil) e em Sciences de Gestion pela Université d'Aix-Marseille (França), Mestre em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações – Universidade de Brasília; Especialista em Segurança Pública e Cidadania – Universidade de Brasília e Especialista em Administração – Fundação Getúlio Vargas. Oficial da Polícia Militar do Distrito Federal e Professor do Instituto Superior de Ciências Policiais da PMDF.
Cláudio Vaz Torres
Ph. D. em Industrial Organizational Psychology na California School of Professional Psychology, pós-doutorado em Marketing pela Griffith University, Austrália e pós-doutorado em Cross-cultural Research pela University of Sussex, Inglaterra. Professor da Universidade de Brasília. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2.
Eda Castro Lucas de Sousa
Doutora em Sociologia pela UnB/FLACSO, Pós-doutorado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, pós-doutorado na École des Hautes Etudes Commerciales de Montreal, Canadá e pós-doutorado no CERGAM (Équipe management international - FEA) Université Paul Cézanne, Aix-Marseille III. Professora da Universidade de Brasíia, Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2.
Daniele Alcântara Nascimento
Mestranda em Educação e Especialista em Segurança Pública e Cidadania ambas pela Universidade de Brasília. Oficial da Polícia Militar do Distrito federal e Professora do Instituto Superior de Ciências Policiais da PMDF.
Breno Giovanni Adaid-Castro
Doutorando em Administração pela Universidade de Brasília (Brasil) com Estágio de doutorado na University of Oregon, onde atua como assistente de pesquisa. Mestre em Administração Universidade FUMEC e graduado em Administração pelas Faculdades Milton Campos (2004). É professor auxiliar do Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB).
Publicado
2013-09-01