Direitos Humanos e atuação policial: percepções dos policiais em relação a uma prática cidadã

  • Simone Maria Santos
  • Lívia Henriques Oliveira
Palavras-chave: Polícia. Direitos humanos. Capacitação profissional. Segurança pública.

Resumo

O artigo tem como objetivo analisar em que medida policiais militares e civis capacitados em temáticas de Direitos Humanos assimilaram os conhecimentos adquiridos nos cursos, investigando a percepção dos policiais em relação à realização desses cursos e a aplicação de seus princípios no nível operacional. Para tanto, fez-se uso da metodologia qualitativa através da técnica de grupos focais com 89 policiais militares e civis capacitados pela Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais, em 2008, em Belo Horizonte, Uberlândia, Teófilo Otoni, Barbacena e Varginha. Osresultados indicaram que os policiais percebem a existência de uma relação positiva entre a realização dos cursos e a aplicação de seus princípios no nível operacional. No entanto, evidenciou-se a existência de situações concretas do cotidiano operacional que exigem soluções para as quais eles não foram treinados.

Biografia do Autor

Simone Maria Santos
Possui graduação, mestrado e doutorado em Sociologia pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. Atualmente é Pesquisadora do Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública – CRISP da UFMG e pós-doutoranda do Programa de Demografia da Faculdade de Ciências Econômicas da mesma universidade.
Lívia Henriques Oliveira
Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. É graduanda em Direito pela Universidade FUMEC e pesquisadora do Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública – CRISP da UFMG.