Segurança pública como cultura do controle

  • Dequex Araujo Silva Junior
Palavras-chave: Segurança pública, Política pública de segurança, Criminologia, Controle social

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar as atuais estratégias desenvolvidas pelos atores políticos brasileiros paracontrolar os elevados índices de criminalidade. Procura-se demonstrar que as estratégias seguem duas linhasdiametralmente opostas, mas que se tornaram recorrentes nas sociedades ocidentais a partir do último quartel do séculoXX. Tomando como referência de análise teórico-metodológica David Garland, assume-se, como hipótese, que os atorespolíticos brasileiros na contemporaneidade formulam e implementam políticas públicas de segurança tendo uma posturade caráter estratégico de parcerias preventivas, por um lado, e de segregação punitiva, por outro, engajando-se assimaos modelos anglo-saxônicos neoliberal e neoconservador que surgiram no final da década de 1970 em contraposiçãoao modelo previdenciário do Estado de bem-estar social.

Biografia do Autor

Dequex Araujo Silva Junior
Dequex Araujo Silva Junior é doutorando e mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia e capitão da PolíciaMilitar da Bahia, lotado no Departamento de Ensino.
Publicado
2010-09-01