A expansão dos serviços de proteção e vigilância em São Paulo: novas tecnologias e velhos problemas

  • Viviane de Oliveira Cubas
Palavras-chave: Segurança privada. Segurança pública. Controle. Polícia. Clandestinos.

Resumo

Este texto faz uma breve revisão de estudos sobre os serviços de segurança privada em São Paulo. As análises iniciais apontam que a expansão dessas empresas, mais do que relacionada ao aumento dos crimes e da sensação de insegurança, ocorre pelas mudanças na estrutura de contratação e nas novas formas de organização dos espaços urbanos. Apontam também a fragilidade dos mecanismos de controle e a presença irregular de policiais nesses serviços. Pesquisas recentes reafirmam esse panorama e aprofundam questões como: alterações introduzidas nas normas reguladoras; ausência de parcerias entre a segurança privada e a segurança pública; utilização de tecnologias pelo setor; organização dos serviços clandestinos; e a permanente participação de policiais nesse mercado.

Biografia do Autor

Viviane de Oliveira Cubas
Pesquisadora do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo - NEV/USP. Doutora e Mestre em Sociologia pela USP. Graduada em Ciências Sociais pela USP.
Publicado
2017-10-17