Entre a repressão, a prevenção e a “assistência”: uma análise de um curso de capacitação de policiais atuantes nas Unidades de Polícia Pacificadora do Rio de Janeiro

  • Fabiano Dias Monteiro UFF
  • Jonas Pereira Araujo Mestrando do PPGS/PUC
Palavras-chave: Segurança Pública, UPP, Curso de Cidadania e Acesso à Rede de Proteção Social para policiais atuantes em UPPs

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar o processo de capacitação profissional de policiais militares atuantes nas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) do Rio de Janeiro, a partir de uma etnografia do processo de elaboração e condução do Curso de Cidadania e Acesso à Rede de Proteção Social para Policiais Atuantes em UPPs, desenvolvido por uma parceria entre a Polícia Militar do Rio de Janeiro, a ONG Viva Rio e a Agência Australiana para o Desenvolvimento Internacional. O trabalho procura refletir sobre impasses referentes à integração interinstitucional existente entre policiais lotados em UPPs e os atores da rede de proteção local, tendo como pano de fundo o descompasso entre uma formação policial tradicionalmente voltada para a repressão e preconização de práticas preventivas, em novo contexto.

Biografia do Autor

Fabiano Dias Monteiro, UFF
Professor Adjunto do Departamento de Geografia e Políticas Públicas
Publicado
2018-12-23