A polícia à luz da sociologia da violência: “policiólogos” entre a crítica e a intervenção

  • Francisco Thiago Rocha Vasconcelos
Palavras-chave: Sociologia dos intelectuais, Sociologia da violência, Polícia

Resumo

O presente artigo objetiva analisar os percursos iniciais dos estudos da sociologia da violência sobre a polícia. Paratanto, serão contrastadas, como orientações fundamentais, as perspectivas de Rosa Maria Fischer, Paulo Sérgio Pinheiroe Antonio Luiz Paixão, desenvolvidas em estudos realizados entre as décadas de 1970 e 1980. A contribuição destastrês perspectivas será abordada levando em consideração as diferentes visões sobre a relação entre crime e pobreza eentre direitos humanos e reforma da polícia. À luz deste debate inicial, serão discutidos alguns dos desenvolvimentosde pesquisa posteriores, situando como estes estudos criam e são incentivados por um novo cenário de relações entreuniversidades e policias, no qual se faz necessário pensar a própria atuação dos cientistas sociais e seus dilemas políticose metodológicos.

Biografia do Autor

Francisco Thiago Rocha Vasconcelos
Francisco Thiago Rocha Vasconcelos é doutorando em Sociologia pela USP, mestre em Sociologia pela UFC e graduadoem Ciências Sociais pela UFC. Atua principalmente nos seguintes temas: segurança pública e violência e sociologia doconhecimento científico.
Publicado
2011-09-01