Identificação das áreas intraurbanas que concentram população jovem vulnerável à violência letal no município de São Paulo: uma proposta metodológica

Autores

  • Maria Paula Ferreira
  • Alexandre Constantino
  • Gustavo de Oliveira Coelho de Souza
  • Marcelo Trindade Pitta
  • Nádia Pinheiro Dini

DOI:

https://doi.org/10.31060/rbsp.2010.v4.n1.67

Palavras-chave:

Violência, Juventude, Homicídios, Políticas públicas

Resumo

Esse artigo apresenta uma metodologia quantitativa para a identificação de áreas intraurbanas com concentração dejovens de 12 a 29 anos em situação de vulnerabilidade à violência letal. Como exemplo, apresenta-se para o municípiode São Paulo no ano de 2006, 60 áreas consideradas como locais de extrema vulnerabilidade juvenil à violência letal e onúmero estimado de jovens ali residentes. Esses locais concentram 17% da população do município e 39% dos óbitos porhomicídios de jovens de 12 a 29 anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Paula Ferreira

Maria Paula Ferreira é estatística. Doutora em Ciências pela USP. Chefe da Divisão de Metodologia e Métodos Quantitativos daFundação Seade.

Alexandre Constantino

Alexandre Constantino é bacharel em Educação Física e analista da Fundação Seade.

Gustavo de Oliveira Coelho de Souza

Gustavo de Oliveira Coelho de Souza é geógrafo e sociólogo, doutor em Ciências Sociais pela UNICAMP. Chefe da Divisão deGeoprocessamento da Fundação SEADE e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Geografia da PUC/SP. Lider doNúcleo de Pesquisas Urbanização, Meio Ambiente e Novas Tecnologias.

Marcelo Trindade Pitta

Marcelo Trindade Pitta é estatístico. Mestre em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais da Ence-IBGE. Analista da Fundação Seade.

Nádia Pinheiro Dini

Nádia Pinheiro Dini é estatística. Gerente de metodologia e estatística da Fundação Seade.

Referências

BICHIR, R. M.; TORRES, H. G.; FERREIRA, M. P. Jovens no município de São Paulo: explorando o efeito das relações de vizinhança. R. B. Estudos Urbanos e Regionais, v. 6, n. 2, 2004.

DURLAUF, S. N. The membership theory of poverty: the role of group affiliations in determining socioeconomic outcomes. In: DANZIGER, S. H.; HAVERMAN, R. H. Understanding poverty. New York: Russel Sage, 2001.

FLORES, C. Consequências da segregação residencial: teoria e métodos. In: CUNHA, J.M.P. (Org.). Metrópoles paulistas – população, vulnerabilidade e segregação. Campinas: Unicamp, 2006.

GALDURÓZ et al. V Levantamento nacional sobre consumo de drogas psicotrópicas entre estudantes do ensino fundamental e médio da rede pública de ensino nas 27 capitais brasileiras em 2004. São Paulo: Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas – Cebrid, 2005.

MARICATO, E. Metrópole na periferia do capitalismo: ilegalidade, desigualdade e violência. São Paulo: Hucitec, 1996.

MARQUES, E.; TORRES, H.G. (Orgs.). São Paulo: segregação, pobreza e desigualdades sociais. São Paulo: Editora Senac, 2005.

MARQUES et. al. Assentamentos precários no Brasil urbano. São Paulo: Ministério das Cidades/Secretaria Nacional de Habitação e Centro de Estudos da Metrópole/Cebrap, 2008.

MASSEY, D. S.; DENTON, N. A. American apartheid: segregation and the making of the underclass. Cambrigde: Harvard University Press, 1993.

OBSERVATÓRIO DE FAVELAS: Índice de homicídios na adolescência – IHA: análise preliminar dos homicídios em 267 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes. Rio de Janeiro, 2009.

PURCELL, N. J.; KISH, L. Postcensal estimates for local areas (or domains). International Statistical Review, v. 48, n. 1, p 3-18, 1980.

RAO, J. N. K. Small area estimation. New Jersey: John Wiley & Sons, 2003.

SABATINI, F.; SIERRALTA, C.Medição da segregação residencial: meandros teóricos e metodológicos e especificidade latinoamericana. In: CUNHA, J. M. P. (Org.). Metrópoles paulistas – população, vulnerabilidade e segregação. Campinas: Unicamp, 2006.

SECRETARIA DO TRABALHO DA PREFEITURA DE SÃO PAULO; FUNDAÇÃO SEADE; FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Atlas do trabalho e desenvolvimento da cidade de São Paulo, 2008.

Downloads

Publicado

01-04-2010

Como Citar

PAULA FERREIRA, Maria; CONSTANTINO, Alexandre; DE OLIVEIRA COELHO DE SOUZA, Gustavo; TRINDADE PITTA, Marcelo; PINHEIRO DINI, Nádia. Identificação das áreas intraurbanas que concentram população jovem vulnerável à violência letal no município de São Paulo: uma proposta metodológica. Revista Brasileira de Segurança Pública, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 134–144, 2010. DOI: 10.31060/rbsp.2010.v4.n1.67. Disponível em: https://revista.forumseguranca.org.br/index.php/rbsp/article/view/67. Acesso em: 29 maio. 2024.