Buscar e evitar a ação policial

os dilemas operacionais dos policiais militares na execução do “serviço de rua” no Ceará

Autores

  • Wendell de Freitas Barbosa UFCA

DOI:

https://doi.org/10.31060/rbsp.2021.v15.n2.1273

Palavras-chave:

Práticas policiais, Mandato policial, Busca de ação

Resumo

O presente artigo aborda as percepções sociais de policiais militares sobre a execução do mandato policial nas ruas. A ideia de “busca de ação está conotada sob o desejo de “operar” na área manifestado por parte dos policiais na execução do patrulhamento. Essas percepções estão associadas ao grau de identificação com as rotinas de policiamento de rua por esse grupo profissional e influenciam o seu desempenho laboral e a construção de relações com a população. A abordagem metodológica é qualitativa utilizando técnicas como a observação direta do patrulhamento e entrevistas semiestruturadas do tipo episódicas com policiais militares. Tudo se passa como se, nesta lógica de operacionalização policial, estivesse em jogo um tipo de interação com a “área de operações” e as populações atendidas pelos policiais. Como contribuição para esse campo de estudos, o trabalho permite detalhar e analisar, a partir de relatos etnográficos, os contextos de execução do patrulhamento pela polícia e as dinâmicas de relacionamento entre polícia e população.

Biografia do Autor

Wendell de Freitas Barbosa, UFCA

Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Regional do Cariri (2012), Mestre (2014) e Doutor (2017) em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará. Professor Adjunto da Universidade Federal do Cariri, vinculado ao Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) e ao Curso de Administração Pública. É Líder e Pesquisador do Laboratório de Estudos em Violência e Segurança Pública cadastrado como grupo de pesquisa no CNPq. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em sociologia do conflito e da violência, atuando principalmente nos seguintes temas: Poder, Violência, Conflito, Segurança Pública, Práticas Policiais, Questão Carcerária, Políticas Públicas, Direitos Humanos e Cidadania. Foi pesquisador de produtividade BPI da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP) 2018-2020. Atualmente desempenha a função de Vice-Diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da UFCA.

Referências

BARREIRA, C. Cotidiano Despedaçado: Cenas de uma violência difusa. Fortaleza: Pontes, 2008.

______. Em nome da lei e da ordem: A propósito da política de segurança pública. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 18, n. 1, p. 77-86, 2004.

BRETAS, M. L. Ordem na cidade: O exercício cotidiano da autoridade policial, 1907-1930. Rio de Janeiro: Rocco, 1997.

BITTNER, E. Aspectos do Trabalho Policial. São Paulo: Edusp, 2003.

BRASIL, M. G. M.; SOUSA, E. B. L. de. Resistências às mudanças na corporação policial: a experiência do programa Ronda do Quarteirão no Ceará. O Público e o Privado, Fortaleza-CE, n. 15, p. 97-109, jan./jun. 2010.

FBSP – Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Anuário Brasileiro de Segurança Pública: 2019. Brasília, 2019.

GEERTZ, C. O Saber local: novos ensaios em antropologia interpretativa. Tradução de Vera Mello Joscelyne. Petrópolis: Vozes, 1997.

GOFFMAN, E. Ritual de interação: Ensaios sobre o comportamento face a face. Tradução de Fábio Rodrigues Ribeiro da Silva. Petrópolis: Vozes, 2011.

______. A apresentação do eu na vida de todos os dias. Tradução de Miguel Serras Pereira. Lisboa: Relógio D'Água, 1993.

MUNIZ, J. de O. A crise de identidade das polícias militares brasileiras: dilemas e paradoxos da formação educacional. Securitye and Defense Studies Review, New York, v. 1, n. 1, p. 177-198, jan. 2001.

_______. “Ser policial é, sobretudo, uma razão de ser”: cultura e cotidiano da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Tese (Doutorado em Ciência Política) – Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1999.

______.; PAES-MACHADO, E. Polícia para quem precisa de polícia: contribuições aos estudos sobre policiamento. Caderno CRH, Salvador, v. 23, n. 60, dez. 2010.

______.; SILVA, W. F. da. Mandato policial na prática: tomando decisões nas ruas de João Pessoa. Caderno CRH, Salvador, v. 23, n. 60, dez. 2010.

PINHEIRO, A S. Polícia corrupta e violenta: os dilemas civilizatórios nas práticas policiais. Sociedade e Estado. Brasília, v.28, n. 2, agosto de 2013

______.; BARREIRA, C. O controle democrático das práticas policiais. Dados, Rio de Janeiro, v. 9, p. 95-104, 2008.

______.; BARBOSA, W. F.; SOUSA, D. H. S. Juventude, violência e drogas: os desafios às políticas de segurança. Fortaleza: Funcap, 2013.

PINHEIRO, P. S. Polícia e crise política: o caso das polícias militares. In: PAOLI, M. C.; BENEVIDES, M. V.; PINHEIRO, P. S.; MATTA, R. da. A violência brasileira. São Paulo: Brasiliense, 1982.

RAMOS, S.; MUSUMECI, L. Elemento Suspeito: abordagem policial e discriminação na sociedade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

SÁ, L. Os Filhos do Estado: auto-imagem e disciplina na formação dos oficiais da Polícia Militar no Ceará. Rio de Janeiro: Relume Dumará: Núcleo de Antropologia da Política/UFRJ, 2002.

______. A condição de 'bichão da favela' e a busca por 'consideração': Uma etnografia de jovens armados em favelas à beira mar. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, Rio de Janeiro, v. 4, n. 2, p. 339-355, 2011.

______.; SANTIGO NETO, J. P. Entre tapas e chutes: um estudo antropológico do baculejo como exercício de poder policial no cotidiano da cidade. O Público e o Privado , Fortaleza, n. 18, jul./dez. 2011.

SCHLITTLER, M. C. Matar muito, prender mal”: a produção da desigualdade racial como efeito do policiamento ostensivo militarizado em SP. Tese (Doutorado em Sociologia). UFSCar, São Paulo, 2016.

SCOTT, M. B.; LYMANN, S. M. Accounts. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, Rio de Janeiro, v. 2, n. 2, 2009.

SKOLNICK, J.; BAYLEY, D. H. Policiamento Comunitário: Questões e Práticas através do mundo.1. ed. São Paulo: EDUSP, 2006.

WEBER, M. Economia e Sociedade. 4 ed., v. 1. Brasília: Editora UnB, 1999.

______. Economia e Sociedade. 4 ed., v. 2. Brasília: Editora UnB, 2009.

Publicado

2021-09-29

Como Citar

Barbosa, W. de F. (2021). Buscar e evitar a ação policial: os dilemas operacionais dos policiais militares na execução do “serviço de rua” no Ceará. Revista Brasileira De Segurança Pública, 15(2), 178–195. https://doi.org/10.31060/rbsp.2021.v15.n2.1273