Código de ética

Toda a equipe editorial, autores/as e avaliadores/as, devem estar em conformidade com o Código de Ética da RBSP.

Código de ética da Revista Brasileira de Segurança Pública

Autoria
- A contribuição dos autores deve ser encaminhada para a Revista Brasileira de Segurança Pública, destacando como os coautores colaboraram na redação e/ou na pesquisa.

Será considerado autor aquele que realizou contribuição intelectual no processo de pesquisa e escrita do trabalho submetido. Enquanto, para a condição de coautores serão considerados os participantes que realizaram contribuição acadêmica em ao menos dois dos seguintes pontos: na concepção e desenho da pesquisa, na coleta, processamento, interpretação e análise dos dados e participação na escrita de partes do texto.

Ineditismo e originalidade
- O texto submetido deve ser inédito, cabendo ao autor garantir que o manuscrito não está sendo analisado por nenhuma outra revista nem foi publicado anteriormente;
- Caso o artigo tenha sido fruto de texto anterior, essa informação deve ser disposta de forma clara, devendo ser expressamente informada ao editor;
- Pressupõe-se que os dados são verídicos, com o seguimento de metodologias de pesquisa;
- Cópias e manipulações de informações não são aceitos. Para evitá-los, os editores submetem os textos a um software anti-cópia antes de ser encaminhado aos pareceristas;
- Caso haja casos de cópia, os autores serão avisados e o texto não será encaminhado para pareceristas. Além disso, o autor ficará proibido de fazer uma nova submissão no sistema pelo prazo de dois anos;
- Caso a cópia seja verificada somente na etapa de publicação, o texto aceito será rejeitado;
- Caso a cópia seja verificada após a publicação do artigo, a revista fará a retratação, se desculpando do equívoco e retirando o trabalho da base de dados da RBSP.

Erros e correções
- Os autores se responsabilizam que, caso a publicação tenha algum erro, seja notificado para a Revista Brasileira de Segurança Pública para posterior correção;
- Os autores que incorrerem em erros devem escrever uma carta de retratação, informando claramente qual foi o problema e se desculpando perante a comunidade acadêmica pelo equívoco.

Sigilo
- Durante o processo de avaliação, os pareceristas não devem discutir com outras pessoas o artigo sob sua responsabilidade, a fim de preservar a originalidade do texto;

- Pareceristas que incorram em qualquer prática que configure violação da regra de “revisão às cegas pelos pares” serão excluídos do sistema da RBSP;

- Os editores se comprometem a não divulgar qualquer informação durante o processo de avaliação do artigo, nem citar os trabalhos avaliados antes da publicação definitiva dos mesmos.

Conflitos de interesses

Devido ao risco de atingir autores, revisores e editores, a possibilidade da existência de conflitos de interesses, sejam eles de natureza pessoal, financeira, intelectual, profissional, política ou religiosa são cuidadosamente  tratadas  ao longo do fluxo editorial da RBSP.

- Quando existente, os autores dos trabalhos submetidos, devem mencionar os possíveis conflitos de interesses presentes, seja por conflitos entre autores, e ou entidades públicas e privadas.

- Todas as questões associadas a conflitos financeiros devem ser mencionadas, inclusive fontes de financiamento da pesquisa;

- Os textos são avaliados a partir do mecanismo duplo-cego, o que possibilita transparência e isenção na avaliação e evita possíveis conflitos de interesse. Entretanto, caso o avaliador reconhecer os autores ou a instituição, a equipe editorial da revista deve ser contatada para que se possa verificar a possibilidade de manter a imparcialidade prezada em nosso processo de avaliação.

- Caso haja dúvidas sobre questões éticas relacionadas com a possível publicação, deve-se entrar em contato com a RBSP, no endereço eletrônico revista@forumseguranca.org.br, para que a dúvida seja sanada;

Ética em pesquisa
- A metodologia aplicada, assim como o respeito aos direitos humanos, deve ter sido preservada durante todo o processo de escrita do manuscrito submetido e também durante sua análise;
- Os dados utilizados na publicação devem ser disponibilizados sempre que os pareceristas assim solicitarem, ou sempre que os editores julgarem que estes dados são necessários para a checagem da adequação da análise.

- Os autores devem assegurar que ao longo da realização da pesquisa que deu origem ao trabalho, os princípios éticos, as exigências legais vigentes no país e os termos acordados com os participantes da pesquisa foram considerados, realizando todos os cuidados necessário para com esses sujeitos e comunidade científica. Documentação e esclarecimentos referentes a ética das pesquisas podem ser solicitadas pela RBSP sempre que se considerar pertinente.

Ética na RBSP

Reclamações destinadas à RBSP devem ser encaminhadas por e-mail para revista@forumseguranca.org.br, com o objetivo de que medidas possam ser tomadas para a solução da questão.

A RBSP se responsabiliza a avaliar o documento com base no seu mérito acadêmico, a partir de uma política duplo-cega, sem considerar questões como gênero, raça, orientação sexual, origem étnica, crença religiosa etc. O processo de avaliação é realizado, assim, de forma justa e anônima.

A RBSP não cobra nenhuma taxa para que o artigo seja publicado, com o objetivo principal de transparência e de contribuição para o debate do tema de Segurança Pública, assim como a política de acesso livre.

Política de privacidade
Os nomes e endereços informados nesta Revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Detecção de similaridade 

Todos os trabalhos submetidos ao fluxo editorial da Revista Brasileira de Segurança Pública são submetidos a detecção de similaridade.

Nosso processo consiste na utilização de uma ferramenta denominada CopySpider que testa  documentos  buscando por indícios de cópias indevidas de trabalhos já publicados e disponíveis na internet.

Após passar pela avaliação da ferramenta explicitada, caso haja indicação de risco maior que 5% de cópia não referenciada, os membros da equipe editorial são acionados conferindo todos os itens indicados pelo sistema. Sendo constatada a existência de grande similaridade entre o texto submetido e outros trabalhos, o autor é notificado com os respectivos relatórios, feitos pelo sistema Copyspider e pela equipe editorial da revista.

Atentamos que ao longo do fluxo editorial os avaliadores do texto/a equipe editorial podem realizar checagens de plágio, caso entendam que é necessária.

Desse modo, é esclarecido que o texto enviado à RBSP possui cópias indevidas quando o mesmo adapta ou transcreve trechos de outros documentos sem apresentar conformidade com a norma de citações de referências bibliográficas, tal como descrito nas regras de submissão.